Transformar a realidade por meio de negócios de impacto é o que nos move.

Segundo a Carta de Princípios para Negócios de Impacto no Brasil:

Negócios de Impacto são empreendimentos que têm a missão explícita de gerar impacto socioambiental ao mesmo tempo em que geram resultado financeiro positivo e de forma sustentável.

Há 4 princípios que caracterizam os negócios de impacto:

Têm como propósito gerar impacto socioambiental positivo (explícito em sua missão)

Conhecem, mensuram e avaliam seu impacto periodicamente

Geram receitas próprias a partir da comercialização de produtos e serviços

Possuem uma governança que leva em consideração os interesses de investidores, de clientes e da comunidade (não fazem o que fazem a qualquer custo)

Para o Quintessa, a geração de impacto socioambiental e a sustentabilidade financeira devem estar presentes na atividade principal da organização, de forma que ambos aspectos estejam alinhados.

Entende-se também que a organização pode ter fins lucrativos e distribuir dividendos para os acionistas.

Quando selecionamos os negócios, avaliamos sua relevância a partir de dois eixos: o desafio social/ambiental que se propõe a resolver é relevante? A solução é relevante para a superação do desafio?

Além disso, os negócios devem estar alinhados com um ou mais Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável